16.8 C
Itapema
domingo, julho 14, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaFormação de um ciclone extratropical traz muita chuva ao estado

    Formação de um ciclone extratropical traz muita chuva ao estado

    Em:

    Em Destaque

    Formação de um ciclone extratropical traz muita chuva ao estado

    A formação de um ciclone extratropical no Sul do Brasil ao longo desta quarta-feira (12), concentra a precipitação mais intensa nas áreas de divisa com o RS, sobretudo no Litoral Sul e Planalto Sul.

    A partir do meio da tarde, a chuva ganha força novamente e ocorre acompanhada por temporais, que iniciam pelo Extremo Oeste e se estende para as demais regiões ao longo da noite e  da madrugada da quinta-feira (13). A formação deste sistema também irá causar ventos de intensidade moderada a forte, com rajadas variando de direção nordeste a noroeste e velocidades entre 50 a 70 km/h no Grande Oeste a partir do final da manhã e no período da noite elas ocorrem na metade leste do estado com velocidades que podem passar dos 90 km/h nas áreas do Litoral Sul, Grd. Florianópolis e do Planalto Sul.  

    Mar agitado do Litoral Sul à Grd. Florianópolis, com ondas de direção leste/nordeste, de altura entre 2 e 2,5 m e picos de 3 m em alto mar, e com ondas entre 1 e 2 m no litoral Norte. O risco é moderado a alto para ocorrências associadas à chuva intensa e volumosa, aos temporais, às fortes rajadas de vento, ao mar agitado e a ressaca. 

    As temperaturas mínimas oscilam entre 10 e 15°C no Meio-Oeste, planaltos e no Alto Vale do Itajaí, nas demais regiões elas variam entre 15 e 20°C. As máximas superam 30°C no Extremo Oeste e Oeste e variam entre 16 e 25°C nas demais regiões.

    map1 2
    https://youtube.com/watch?v=TDWAVRMK7aQ%3Ffeature%3Doembed

    QUINTA-FEIRA (13)

    Na quinta-feira (13) os temporais seguem ocorrendo desde a madrugada em áreas do Extremo Oeste ao Litoral Sul, devido a atuação do ciclone extratropical. No decorrer da manhã, a chuva avança para as demais regiões de SC, ocorrendo de forma persistente ao mesmo tempo em que perde força. O risco é moderado a alto para ocorrências associadas aos temporais e à chuva persistente como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações. Ainda na madrugada, vento intensifica no Grande Oeste, virando de direção oeste/sudoeste com intensidade moderada a forte e com rajadas que podem chegar aos 80 km/h nessas áreas. Ao longo da manhã as rajadas ganham maior intensidade e avançam por todo o centro e leste do estado, sobretudo no Litoral, onde podem superar os 100 km/h. O risco é moderado a alto para ocorrências associadas aos ventos. Com a aproximação de uma massa de ar frio as temperaturas declinam bruscamente em especial do Extremo Oeste aos Planaltos e as mínimas ocorrem à noite, variando entre 3 a 8°C na maior parte do estado, com exceção do litoral, onde elas variam entre 11 e 15°C, o risco associado ao declínio acentuado das temperaturas é moderado. O Mar fica muito agitado a grosso, com risco alto para ocorrências relacionadas a agitação marítima e a ressaca. 

    map2 2

    SEXTA-FEIRA (14)

    Na sexta-feira (14) o ciclone extratropical já estará se afastando em direção ao alto mar, mas ainda influenciará o tempo no litoral, deslocando umidade para a costa e mantendo a presença de nuvens do centro ao leste do estado, bem como a condição para chuva ocasional, com risco baixo para ocorrências associadas. Ainda, durante a madrugada e a manhã da sexta-feira (14), há condições para ocorrência de rajadas de vento moderadas (entre 45 e 70 km/h) nas áreas costeiras, principalmente entre o Litoral Sul e a Grd. Florianópolis, que diminuem de intensidade ao longo da tarde quando o ciclone já estará mais afastado da costa, sendo o risco relacionado às rajadas de vento baixo a moderado. Na Serra a umidade combinada ao ar frio favorece a chance de precipitação invernal (chuva congelada e/ou chuva congelante e neve). O mar segue muito agitado com risco moderado a alto para ocorrências associadas ao mar agitado e ressaca.

    map3 2

    TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS

    No sábado (15) a massa de ar seco e frio se instala no Sul do Brasil, deixando o tempo firme e ensolarado em SC. O mar segue agitado na costa catarinense durante todo o período, com ondas de sul/sudeste entre 2,0 e 2,5 m e picos de 3,0 m entre Florianópolis e o Litoral Sul. O risco é moderado para ocorrências associadas ao mar agitado, a ressaca e para alagamentos costeiros. No domingo (15) o dia será com variação da nebulosidade em todas as regiões de SC devido a  instabilidades em diversos níveis da atmosfera que começam a atuar no Grande Oeste, se deslocando em direção às demais regiões do estado ao longo do dia, causando chuva fraca em áreas do norte do estado. O risco é baixo para ocorrências associadas às chuvas.

    Cidades