16.6 C
Itapema
segunda-feira, julho 15, 2024
mais
    InícioCidadesItajaíMunicípios da Região da Foz do Rio Itajaí apresentam projeto de mobilidade...

    Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí apresentam projeto de mobilidade ao governador

    Em:

    Em Destaque

    Previsão é de investimento de US$ 120 milhões pelo Banco Mundial mais US$ 120 milhões de contrapartida, dos quais US$ 24 milhões do Estado e o restante da iniciativa privada.
    Representantes da Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (Amfri) apresentaram ao governador Jorginho Mello (PL) o projeto de mobilidade para a região, o Promob, em encontro realizado na Casa d’ Agronômica, na sexta-feira, 26.
    O projeto foi detalhado pela deputada Paulinha Silva (Podemos), que é ex-prefeita de Bombinhas, cidade da região. A proposta é baseada em melhorar a acessibilidade e a mobilidade de forma inclusiva e com baixas emissões de poluentes. Vai contar com sistema de transporte coletivo e melhorias em toda a região e com uma proposta inovadora: um túnel subaquático – o primeiro feito no Brasil.
    O grupo pediu apoio do Governo do Estado ao Promob que tem previsão é de investimento de US$ 120 milhões pelo Banco Mundial. Outros US$ 120 milhões são de contrapartida, dos quais US$ 24 milhões serão do Estado e o restante da iniciativa privada. “O que vai mudar na vida das pessoas? Ônibus elétrico de Bombinhas até Piçarras, o tempo de deslocamento cai de cinco horas em média para uma hora e meia. O custo passa de cerca de R$ 23 para R$ 10. E o túnel vai mudar o paradigma de toda a região, porque vai acabar com esse congestionamento maluco que a gente tem entre Itajaí e Navegantes”, disse a parlamentar.
    “É um projeto arrojado, moderno que vai mudar a história da região litorânea de Santa Catarina. E o Governo do Estado faz questão de ter uma participação. Quem vem pra cá tem que ter condições fáceis de entrar e sair e isso é mobilidade inteligente”, avaliou o governador Jorginho Mello.
    O presidente da Amfri e prefeito de Bombinhas, Paulinho Muller, comemorou o apoio recebido por parte do governador Jorginho Mello. “Agradecemos ao governador Jorginho Mello porque a região da Amfri hoje começa a viver um novo momento. Tenha certeza que daqui a quatro anos a gente inaugura uma obra que todo mundo achava que era difícil, uma obra histórica que não existe no Brasil e que Santa Catarina novamente dá exemplo de como se faz gestão”, disse.
    O especialista Sênior de Transporte do Banco Mundial, Carlos Bellas Lamas, projeta a liberação do dinheiro para o segundo semestre deste ano. “Se tudo der certo, em abril, maio no mais tardar. O consórcio também precisa correr com as burocracias de aprovação com o governo federal e o dinheiro deverá estar ali liberado no segundo semestre deste ano”, afirmou.
    O senador Jorge Seif Jr (PL) também participou do encontro.

    Cidades