16.6 C
Itapema
segunda-feira, julho 15, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 14/07: Santa Catarina à mercê da natureza

    Pelo Estado 14/07: Santa Catarina à mercê da natureza

    Em:

    Em Destaque

    Santa Catarina não ficou no olho do furacão, mas está amargando as consequências do ciclone extratropical que passou por aqui esta semana. Os prejuízos são incalculáveis e a população sofre com a falta de energia e destruição de patrimônio. Isto sem contar o impacto econômico que a suspensão das atividades causa ao Estado.

    Até ontem, 308,7 mil unidades consumidoras haviam sido afetadas com a passagem do fenômeno pela rede elétrica. Entre terça e quarta, estragos no Oeste, Serra, Vale do Itajaí e Norte do Estado, já haviam sido registrados quando um outro ciclone passou pelo território catarinense.

    Mas como se preparar para algo desta natureza? No que diz respeito as quedas de energia, seria possível o Governo do Estado investir no cabeamento subterrâneo, mas sobre as casas destelhadas, árvores derrubadas, rodovias interditadas, rajadas de vento de mais de 146km por hora, o mar grosso com condições para ressaca e demais prejuízos materiais que a passagem de um ciclone pode causar? Santa Catarina está constantemente à mercê destes fenômenos climáticos, até porque é o estado brasileiro que mais sofre esses efeitos, porém, mesmo sabendo disto, percebe-se que o Estado não está nada preparado para situações como a que passamos nos últimos dias.

    Festival de vinhos em Nova Veneza

    Nesta sexta, sábado e domingo, o no Palazzo Delle Acque, em Nova Veneza, recebe a terceira edição do Festival Vino & Formaggio, evento open wine e food, que nasceu em 2019 para reunir grandes nomes da indústria vinícola nacional e internacional, além de expositores de laticínios, embutidos e culinária local com risotos, massas e pizza. A cada edição, o festival busca aumentar a qualidade de rótulos da adega do evento, com expositores de diversos lugares do Brasil e do mundo. Este ano, das 13 marcas de vinhos que estarão presentes, 8 são internacionais, e a presença de vinícolas internacionais no evento reflete o reconhecimento da importância dele para o Sul de Santa Catarina.

    Em 2023, o Vino & Formaggio traz um formato aprimorado aos apreciadores de vinícolas e boa gastronomia. Entre as novidades, estão as taças de vinho personalizadas, que proporcionam uma nova experiência aos visitantes. São mais de 100 rótulos selecionados para que os visitantes tenham uma experiência enogastronômica ainda mais imersiva e os estandes contam com sommeliers que oferecem dicas sobre como aguçar ainda mais o sabor de cada rótulo diante da variedade de possibilidades disponíveis.

    Escolas cívico militares

    Após a decisão do Governo Federal de interromper a continuidade do Pecim (Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares) em 2024, o Governo de Santa Catarina anunciou que irá manter as atividades das escolas nesse modelo no Estado. Atualmente, a Secretaria de Estado da Educação (SED) estuda a continuidade do programa com recursos próprios, inclusive com mudança de nomenclatura. A rede estadual de Santa Catarina tem hoje nove escolas ligadas ao Pecim localizadas em diversas regiões do Estado.

    Crea Acelera

    O Crea-SC está lançando em parceria com o Sebrae-SC um programa pioneiro, o Crea Acelera, que faz parte da cultura de inovação do Conselho. O programa visa à aceleração da produtividade, da lucratividade e o crescimento de empresas e empreendedores registrados. Ele é destinado apenas a microempresas e empresas de pequeno porte. Para o MEI, o Sebrae oferece outras soluções. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de inscrição. O Crea Acelera oferece a possibilidade de participar da Rede de Agentes de Orientação Empresarial, com a aplicação de um diagnóstico empresarial e duas horas gratuitas de orientação. Além disso, o participante poderá aderir ao Programa Brasil Mais e receber o atendimento de Agentes Locais de Inovação (ALI) do Sebrae.

    O programa vai ajudar as empresas a identificar suas fraquezas e oportunidades de melhoria, através da análise do desempenho financeiro, operacional e de mercado. Com base nessas informações será possível definir metas claras e objetivas para aprimorar a performance e alcançar o sucesso.

    Fiesc

    A Federação das Indústrias (FIESC) participará do Conselho Nacional de Inovação e Tecnologia (CCT), por meio de seu diretor de inovação e competitividade, José Eduardo Fiates. O Conselho deu posse aos membros na última quarta-feira, 12, em Brasília e será o principal fórum de debate com a comunidade científica, a sociedade e o setor produtivo sobre a Política Nacional de Ciência e Tecnologia.

    Selo Catarinense

    A Secretaria da Indústria, do Comércio e do Serviço (Sicos) e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) se reuniram para discutir a criação de um selo para valorizar os produtos catarinenses, principalmente os alimentos e bebidas. Caso a iniciativa tenha êxito, o selo será expandido para outros setores industriais. O objetivo é fortalecer os produtores locais e desenvolver ainda mais a economia do Estado.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_14.07.2023

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades